Loading...

domingo, 17 de julho de 2011

Esteira, Bicicleta ou Transport?? Qual escolher??

Esta postagem visa facilitar o entendimento na hora de escolher o equipamento aeróbio mais eficaz, seja pensando naqueles que  pretendem perder aquela gordurinha indesejada ou aos que visam melhorar o condicionamento físico.

Transport, bicicleta e esteira são considerados os principais aparelhos aeróbios, apresentam algumas diferenças fundamentais, que podem, inclusive, interferir na qualidade do exercício e na quantidade de caloria queimada.

Transport: Ideal para pessoas com alterações ortopédicas,  é o que possui menor impacto articular entre os três equipamentos. É um equipamento que apresenta um elevado gasto energético, fazendo com que a frequência cardíaca aumente rapidamente, ainda que sem a utilização de grandes cargas. Tende a recrutar com maior intensidade os membros inferiores do que os membros superiores. 

Bicicleta: Sendo realizada sem administração de carga, é um exercício de baixo grau de dificuldade. Contra-indicado para pessoas com sérios problemas articulares e com limitações de amplitude de movimento. Presença de fadiga muscular localizada (grande exigência dos músculos da coxa), pode ser indicado para idosos e gestantes.
Existem dois tipos básicos de bicicletas: verticais (convencional) e horizontais (com apoio nas costas)

Esteira: Apresenta baixo grau de dificuldade, fadiga global, ou seja, recrutamento de músculos dos membros superiores, inferiores e tronco. Fundamental importância da postura durante o gesto esportivo e além da variação de velocidade, pode haver também variação da inclinação.

 Apesar de parecerem exercícios fáceis e simples, a bicicleta, a esteira e o transport apresentam erros comuns de execução, como:

  • Ritmo não proporcional com a carga
  • Regulagem errada do banco da bicicleta
  • Posição corporal inadequada/Compensações
  • Diversos erros no ciclo da marcha durante a esteira
  • Alterações no padrão respiratório
  • Entre outros
O gasto energético dependerá de fatores como: velocidade, carga e intensidade que é administrada nos exercícios, caso esses fatores sejam os mesmos nos três equipamentos, o gasto energético será praticamente equivalente. Porém, antes de começar qualquer atividade, é importante procurar um médico e fazer uma avaliação física.

 
"Não é o aparelho que vai fazer o gasto energético se tornar maior, e sim a pessoa."

Um abraço a todos

Denis

Nenhum comentário:

Postar um comentário