Loading...

domingo, 10 de julho de 2011

Pubalgia

Fig.1 Sínfise Púbica
A pubalgia, também chamada de osteíte púbica, pubeíte ou doença pubiana, uma condição dolorosa na sínfise púbica (Fig.1) ou na origem da musculatura adutora, que piora progressivamente com a sobrecarga do exercício físico. A pubalgia tem se tornado cada vez mais comum entre atletas profissionais e amadores, devido a movimentos corporais compensatórios, repetitivos e/ou por sobrecarga durante a atividade física.

Muitas vezes a inflamação é decorrente de um desequilíbrio mecânico entre a musculatura que se origina no púbis (adutores) e a musculatura abdominal que se insere no púbis (Fig 2) , com isso a sínfise púbica se torna um ponto de "cruzamento" de forças em sentidos opostos (Fig.3). Não podemos descartar que o trauma direto nesta região também pode originar um processo inflamatório.
                                                                                                                              
 
Fig.3 Cruzamento de forças em sentidos opostos



Fig.2 Ponto de origem/inserção entre adutores/abdominais



O diagnóstico deve ser realizado através de uma avaliação minuciosa constando: inspeção, palpação, grau de mobilidade articular e testes especiais (Manobra de Grava). O diagnóstico poderá ser confirmado por alterações radiográficas da sínfise púbica.

Inicialmente, na maioria dos casos, é realizado o tratamento conservador (fisioterapia+medicamentos) onde será efetuado basicamente analgesia, alongamentos e fortalecimentos musculares, visando equilibrar as forças atuantes neste membro acometido.

O mais importante é termos consciência de que ao praticarmos uma atividade física, independente de qual seja, devemos manter um bom padrão de força muscular  e flexibilidade, pois, desta forma tornaremos os membros equilibrados e harmoniosos,  assim reduzindo o risco de lesões. 

Um abraço a todos

Denis

Nenhum comentário:

Postar um comentário