Loading...

quinta-feira, 31 de março de 2011

Cãibra Muscular

Muitos de vocês, certamente já tiveram e/ou já presenciaram alguém sofrer com este fenômeno, principalmente durante aquele futebolzinho no final de semana ou até mesmo aqueles que foram surpreendidos durante uma linda noite de sono... Espero que ao final desta postagem possamos solucionar dúvidas e da próxima vez que a cãibra aparecer espero que vocês saibam como proceder.

O que é:?
Por definição a cãibra (ou cãimbra) é um estado de contração muscular involuntária, de curta duração e geralmente dolorosa. Pode afetar um músculo específicamente ou um grupamento inteiro.
Quais as principais causas?
  • Atividade física extenuante, principalmente naqueles indivíduos que não apresentam a condição física necessária para suportar a intensidade do exercício.
  • Alta concentração de ácido lático no tecido (FADIGA MUSCULAR)
  • Condições clínicas específicas em que o indivíduo pode apresentar baixa concentração de cálcio / potássio e déficit na oxigenação
  • Condições climáticas adversas, como a prática de atividade em temperaturas muito baixas e/ou muito altas (acima de 360/400C)
  • Indivíduos com sudorese excessiva e que não fazem a reposição de água adequada.
  • Indivíduos sedentários que abusam em bebidas alcoólicas (desidratação)   

Como prevenir o surgimento?
O indivíduo antes de iniciar a atividade física já deve apresentar uma hidratação adequada, durante a prática deve ser estabelecido pequenos intervalos para ingestão de água e ao término dos exercícios deve ser mantida a hidratação, sendo fundamental esta conduta para evitar a desidratação e o aumento acentuado da temperatura corporal.
Podendo ser ingerido também pós-exercício bebidas isotônicas e sucos de frutas.
Alimentação equilibrada e balanceada
Manter um bom padrão respiratório
Alongamentos antes e após a atividade física proposta




O que fazer no momento da cãibra?
  • Posicionar esta pessoa de maneira adequada e cômoda
  • Alongar suavemente o músculo afetado
  • Massagear a área afetada, pode promover alivio instantâneo da dor.

Considerações Finais
É fundamental que fisioterapeutas e educadores físicos orientem corretamente a prática de exercícios físicos, sempre respeitando a individualidade de cada um e dosando a intensidade do treinamento de maneira lenta e gradativa.
Em caso de persistência deste fenômeno, é importante que o indivíduo procure um médico para investigação do quadro.
Um abraço a todos
Denis

Nenhum comentário:

Postar um comentário